O blog Zerovinteum, fruto do blog And Dress Up, surgiu quando percebi que meu amor pelo Rio de Janeiro me induziu a começar a praticar corrida, participar de mais de 20 corridas de rua e acumular consideráveis quilômetros, já que cada passada é uma maneira de estar em sintonia com a cidade. Chegou um momento em que percebi que já estava me preparando para um grande momento: o meu; que foi completar a minha primeira Meia Maratona! Algo que fez com que eu me sentisse viva e que valeu a pena em cada segundo! Então, sigo de olhos numa próxima meta, sem deixar de apreciar cada detalhe da paisagem que surge durante os longos percursos - e isso não é necessariamente uma metáfora. Em resumo, através do Zerovinteum falo de duas coisas que me arrancam suspiros: lifestyle, o Rio e a prática das mais diferentes atividades físicas.

Sobre mim? Uma pequena auto-biografia: Em um sábado de muito calor, exatamente às duas da tarde do dia 14 de março de 1992 dei o meu primeiro suspiro. Gorda, mimada demais e o primeiro tesouro de papai e mamãe. Desde pequena adorava uma farra, sonhava em ser a Cinderela, já ‘namorava’ com apenas sete anos.. Passei grande parte da minha infância dentro de uma loja de roupas que tinha o meu nome, uma homenagem fofa dos meus pais. Dei um trabalho que não vou enganar! Amo minha família acima de tudo pois esses sim são meus verdadeiros amigos! Sinto saudade dos meus quinze anos porque comia feito uma louca e não engordava nem um pouco. Atualmente, sou advogada, algo que queria desde sempre, e mantenho o blog Zerovinteum, minha válvula de escape. Curiosidade? Algum dia ainda vão me matar disso. Sinto vergonha, mas quando me solto não tem quem me segure. Quando estou apaixonada estou mesmo, nunca digo que amo da boca pra fora. Morro de ciúmes, cuido do que é meu! Inocente, contanto que não pisem no meu calo! Frágil só para ganhar colo, mas forte quando preciso! Engraçada e feliz na maior parte do tempo. Esperançosa, porque o importante é continuar acreditando! Sempre corri atrás dos meus sonhos, meu fôlego só acaba quando consigo o que quero, porém sei perder. Choro, sofro e não coloco ninguém no meio disso. Descobri que coração partido faz parte do script da vida de todo mundo. Hoje menina, meio mulher! Erro, erro, erro… e assim… aprendo, aprendo, aprendo! Já fui criança em horas indevidas. Já fui incerta com algumas certezas na cabeça. Já pensei em desistir, mas nunca me permiti. Criativa. Decidi manter o meu sorriso estampado na cara custe o que custar! O que eu ouço? Tudo que tenha letra de verdade, mas danço “coisas” que não têm letra de verdade e amo! Um ídolo? Meu pai. Gosto de falar. Melhor sensação? Reciprocidade! Melhor momento? Agora! Não gosto de tempestades, nem de silêncio. Viciada em coca-cola, chocolate, sapatos, bolsas, roupas.. Isso é um pouco de mim, um pouco dessa menina que gosta de fazer todos abrirem sorrisos com simples gestos.


Fotos: Guilherme Leporace